Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

because your smile make me live ♥

so strong, so broken

so strong, so broken

because your smile make me live ♥

28
Ago10

Não era eu que

controlava o meu corpo, as minhas acções, as minhas emoções. Sentia-me ali, mas sem controlo sobre o presente. Não havia maneira de conseguir parar, por um fim aquele inferno. Pensava ter controlo, mas apercebi-me que deixamos de ser pessoas com poder de execução para virmos a ser brinquedos do nosso próprio sistema.

PÂNICO!!!

Foi a pior noite da minha vida, não existe desespero comparado com aquele que só alguns realmente vivem e cuja sua vida fica dependente de si próprios.

Não sei se continuo a conseguir a controlar-me, devia ir no que me dizem, mas, para além de não conseguir dizer, não irá acreditar em mim. Factores em jogo que podem esconder a dura verdade e que me podem levar para um terrivel caminho.

Sei que tenho todos prontos a apoiarem-me a qualquer momento, mas agora está tudo numa simples palavras que não consigo dizer.

Nesse dia, foi logo uma das primeiras ideias que me passou pela cabeça ao acordar, o resto foi passar com medo de algo pior acontecer e numa intensidade muito pior. Foi o medo que moveu o que precisava de vir ao de cima. Ficar presa na realidade, mas sem viver.

Conclusões tiradas que, sinceramente, não sei o que ando aqui a fazer.

A minha mente imagina um mundo que é impossive de viver e daí desencadeia todos as crises de ansiedade.

Caminho sem saber onde realmente quero chegar, está tudo em stand-buy e assim ficará, não quero arruinar o que tanto, sempre, me custou a ter. São poucos, mas bons e isso chega para continuar viva.

A única coisa que quero encontar é um futuro próxima com perspectivas, objectivos a ter...

 

 

22
Ago10

Desde então que muito mudou,

poderia estar aqui a descrever cada história, mas nem um infinito de palavras chegariam para isso. Barreiras ultrupassadas, objectivos atingidos, novas metas traçadas. “Pequenas pinceladas num sopro de vida”

A distância entre cada passada é minima, mas comparando-a a pulsação de um mundo em intensa agitação, esta passa para uma gigantesca montanha russa.

 

Apareceram, deram nas vistas, foram moda e agora passaram a comerciais! É o que acho, desde a separação que muito do brilho se perdeu. Isto não quer dizer que deixei de gostar, continuo, serão sempre aquela banda que me marcou, sempre que posso acompanho as noticias, mas as músicas já não me transmitem aquele sentimento para cada momento, são mais para agradar ao público e se venderem. Não estou com isto a dizer que as qualidades deles tenham mudado, não, mas cresceram e orgulho-me disso, apesar de tudo. Serão sempre os Jonas Brothers, aquela banda que me conseguia prender no seu brilho.

Anos na penumbra, escondida por uma sombra de nostalgia. Uma porta trancada impedia que o sol entrasse para iluminar uma realidade perdida num mundo à parte. Existem coincidências, mas não creio muito nelas, tudo acontece por uma razão!

Dificil de descrever estar tão proxima com um fantasma do passado, talvez o ódio que pervalece leve à resistência. Descaramento não falta, mas o jeito também não. Vingança era o que mais merecia e talvez um dia a venha a ter e talvez caia num buraco mais escuro e doloroso de subir.

Ajudaram-me a abrir uma porta trancada, indo abrindo cada fechadura com uma energia incrivel impossivel de resistir. Agora não existem cantos escuros à vista, a realidade debateu-se sobre o quarto enchendo-o de vontade e esperança de viver. Não existe nada perfeito, a perfeição foi inventada pelo homem pelo simples facto de se querer melhorar sempre mais.

Obrigada!

Não é por uma nova fechadura que nos teima em trancar novamente no quarto escuro que a luz deixa de existir, ela continua lá, só é preciso saber como chegar-lhe. São inúmeros caminhos, cada um com o seu razão-consequência. Pode-se caminhar sozinho por um deserto escuro ou podemos optar por caminhar por esse mesmo deserto mas com a claridade de que precisamos para sermos pessoas em vez de solitários.

 

18
Ago10

Hey, hey, uh, uh

I’m just another kanguru  :b      *Zoey 101*

E já não me lembro do resto da musica…

 

Não me pergutem como, mas nunca passei tanto tempo afastada da net, sem actualizar mesmo nada! É que agora o tweeta por sms lembrou-se de deixar de dar desde o inico deste mês, acho que estam a reformular aquilo tudo, finalmente! I want tweetar again t.t

O que tenho feito durante este tempo...

Piscina  :b  basicamente, ou então passo as tardes a ler, como já é de esperar...

Neste momento e o “Codex 632”, não vejo de o acabar, já estou farta de ver tanta história sobre a história  --‘

 

O mundo anda a entrar numa fase critica, fenomenos extremos que só tendem a piorar, arrastando consigo o que o Homem construiu. Estava a pensar fazer com isto, uma espécie de comparação, mas é demasiado exagerado, vou-me ficar pelo remoinho de vento. Quando um passa por um local deixa tudo virado do avesso, felizmente, não fazendo quase nenhuns estragos.

E é a isso que se resume, acho que o calor andou a fazer mal a imensas pessoas ou então nao  :x

Mais uma vez voltaram as bocas, podem ser levadas mais para o lado da brincadeira, mas mesmo assim são algo forte e inofensivo.

 

E as traições estam na moda  ;D

 

Para a semana talvez volte a poder dormir até mais tarde, bem que logo durante a manha não faço nada de especial a não ser andar pelas ruas a fazer especies de recados  xD  Juro, quando for grande quero um trabalho destes  *-*  O problema é que linguas nunca serão a minha área  --‘

 

 

“Não quero que fiques convencida com isto”

Talvez só tenha ficado um bocadinho de nada  xD

 

 

12
Ago10

um diamante

Com inúmeras imperfeições por corrigir.

 

Se é directo é porque é directo, se é por indirectas é porque é indirecto e se é por charadas é porque é muito dificil descobrir. A intelegência serve para alguma coisa, foi por algum motivo que o homem começou a desenvolve-la. Dentro de uma caixa existe uma surpresa, tal e qual como por detras de um sorriso existem segredos  :x

 

 

Arrependimento? Culpa? Redenção?

Já foi ha muitos anos e é como se nada se tivesse passado. Ainda me habituo a ideia que foi assim e agora é assim. Como é possivel passar de coisas tão más, que tiveram consequências na minha vida para tanta amizade de repente   O.o

 

 

 

Juro-vos foi a maior barraca que alguma tive e irei tar na minha vida  ‘o’  OMG, cada vez que eu me lembro daquela cena quero um buraco para me meter  $:   mas ao menos houve senso comum...

 

 

Momentos que nunca me irei esquecer, tão únicos, tão perfeitos *-*

 

 

03
Ago10

uma necessidade

para ser obrigada a conter-me nas palavras.

 

Presa num lugar onde a liberdade nao me pertence.

 

Como um cubo de gelo que se derrete devagar à luz solar.

 

 

 

 

 

maybe be the end of computer life!

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

Mensagens

Inspiração


Follow

Sentimentos

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.