Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

because your smile make me live ♥

so strong, so broken

so strong, so broken

because your smile make me live ♥

31
Dez15

velho/novo ano

    2015 foi um ano de redescoberta. Em geral foi calmo, dentro dos possíveis.

    Num ano muita coisa se passa, lembranças para recordar nestes últimos dias, tentar “deixar” as coisas más encerradas e “esquecidas” neste ano que esta quase a acabar. O mais importante é tomar consciência da pessoa que nos torna-mos e o que podemos mudar para continuar-mos a surpreender e melhorar-nos.

    2016 vai ser um ano a temer, assustador. O meu futuro esta em aberto e meio que se vai decidir nestes próximos 366 dias. Não sei como vai ser, nem o que vai acontecer, mas não vou desistir de lutar como tenho feito até agora! As escolhas que fizer vão ditar se volto ou não, a maneira como reagir vai dizer se tive ou não coragem, a minha força de vontade vai dizer se tive ou não esperança.

Boas entradas, que entrem em 2016 da vossa melhor maneira!

 

25
Dez15

Natal

    O natal é para as crianças, não é totalmente verdade, mas também não é mentira. Ao crescer, para mim, o natal foi perdendo o encanto e significado.

    Desde que entrei na universidade, ainda perdeu mais e passou a ser como outro dia qualquer. O natal para mim também só é passado com a minha família e resto é família que ou só quer saber do umbigo deles ou ainda estão um pouco longe.

    Sinto falta quando era criança e havia aquele encanto ao fazer a árvore de natal e o presépio, depois a consoada e a espera até a hora de abrir as prendas. Agora senão fizer a árvore de natal mais ninguém faz e a casa acaba por ficar igual a todos os outros dias. Passei este dia de natal com parte da minha família e é verdade com crianças o natal tem outro encanto, aqueles pequenos olhos a brilhar! Sem isso não passa de uma reunião. Tenho pena de o encanto se estar a perder, mas não é por isso que deixo de relembrar as pessoas que são importantes para mim.

    A vida é feita de altos e baixos, mas estagradecida pelas pessoas que tenho na minha vida, elas são o que me fazem continuar a viver.

    Espero que todos tenham tido um bom dia de natal,mesmo que para vocês o natal tenha perdido o encanto, não deixem de agradecer as pessoas mais importantes porque sem essas não somos ninguém. O que nos faz é o amor e a amizade das pessoas que nos são próximas e nos apreciam.

 

11
Dez15

23 coisas que só quem tem pais rigorosos vai entender

Encontrei estes tópicos num post na minha dash do facebook e não consegui deixar de lado porque isto é a dura realidade de quem ter pais rigorosos e no meu caso também protectores. Para mim teve algumas variâncias, mas o essencial é isto.

É duro viver assim e quem pensa que é fácil aguentar com esta pressão durante anos, não imagina a guerra constante entre o que sê é e a personagem que tem que se criar.

1. Você era sempre o primeiro a ter que ir para casa quando todos estavam reunidos.

2. Convencer seus pais a deixarem você dormir na casa de um amigo exigia 37 horas de preparação mental, uma apresentação de Power Point detalhada da árvore genealógica do seu amigo e um contrato assinado de que você não iria beber e iria dormir às 22:00. 

3. Se os seus amigos fossem fazer planos para a noite, você sabia que seus pais diriam não porque era preciso de 2 a 3 dias para que eles decidissem se você poderia sair ou não. 

4. Você ensaiava na frente do espelho como iria pedir permissão para fazer alguma coisa e ainda preparava respostas para perguntas que eles poderiam fazer.

5. Você também tinha que esperar até eles estarem de bom humor antes de perguntar por coisas do tipo.

6. Às vezes você fazia cara de cachorro ferido e dizia “esquece, você vai dizer que não de qualquer jeito” para ganhar a simpatia dos seus pais antes de pedir um grande favor.

7. Você perguntaria apenas uma vez se poderia ir na casa de alguém para fazer alguma coisa. E você nunca entendeu por que seus amigos pensavam que “pedir a eles mais uma vez” iria fazer alguma diferença.

8. Você sempre tinha que escolher apenas um dia para sair. Sexta ou sábado. Não havia chance nenhuma de seus pais deixarem você sair nos dois.

9. Você sentia com todas as forças o pânico intenso correndo pelas suas veias de quando seu amigo mudava de planos mil vezes e você tinha que reexplicar aos seus pais o que você iria fazer.

10. Você mentia constantemente, sobre tudo. E ainda mente.

11. Você nunca falou palavrões até ir para a faculdade.

12. Você nunca teve “aquela conversa” com seus pais. Eles provavelmente deixaram um livro sobre o assunto -mudança de corpo- na sua cama e deixaram você descobrir as coisas por si próprio.

13. As conversas de família durante o jantar sempre eram sobre colégio e o cronograma das aulas – nunca sobre sua vida social ou amorosa. Até onde seus pais sabiam, você não tinha nenhuma das duas.

14. Até hoje você ainda se veste pensando no que seus pais pensariam sobre suas roupas. A adolescência foi um período de guerra constante sobre sua saia muito curta ou sua camiseta com palavras muito sugestivas.

15. Colocar um piercing na orelha era o máximo que você podia fazer com o seu corpo. Se você pensasse na possibilidade de um segundo piercing, pintar o cabelo de uma cor extravagante ou fazer uma tatuagem, esse seria o fim dos tempos.

16. Você provavelmente tinha o mesmo nome de pelo menos 4 outras pessoas durante sua vida nas salas de aula.

17. Você sempre mudou de canal quando assistia algo onde os personagens poderiam se beijar se ouvisse seus pais se aproximando.

18. Seus pais sempre tentavam se inscrever para ajudantes em eventos da escola e viagens de passeio.

19. Boas maneiras eram tudo. Você frequentemente ouvia algum discurso do tipo “Não quero que os outros pensem que você é um bixo do mato”.

20. Você passou anos sonhando em fazer uma “grande rebelião” – o que, para você, significava simplesmente fazer planos espontâneos ou ir para o shopping.

21. Sua reação impulsiva ao ouvir que seus amigos tinham outros amigos dormindo em suas casas era simplesmente de cair o queixo.

22. Você era cuidadoso quando contava piadas aos seus pais porque a reação deles poderia variar de rir intensamente com você a fazer um discurso retórico de 45 minutos e ainda te mandar para o seu quarto.

23. Se você perdesse sequer uma ligação de telefone dos seus pais para você, eles subitamente concluíam que você estava “fumando aquele cigarrinho” com “aquele seu amigo” que eles sabiam que iria ser uma má influência.

 

02
Dez15

i want you

I want you.

I want to feel your skin against mine.

I want to know what’s your perfume and keep that smell in my memory and clothes.

I want to discover your body, every curve, shape, and sign and remember for the next time.

I want to kiss your mouth, pull your hair, look you in the eyes and say that you’re mine and I’m yours.

I want to hang out with you, have sex with passion, ferocity, breathless with you.

I want to make you smile and laugh with my silly faces and stupid things.

I want to be the first and the last person that you see, in the morning and night.

I want to hug you when you’re happy or sad, I’m your safe harbor.

I want to comfort you on the rainy days in front of fire and then cuddle forgetting the time.

I want to give you all the attention and make memories for ours hearts.

I want that you like me as much I like you.

I want you even in your bad days.

I want to hold your hand and never let go because we are going to see the world. 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

Mensagens

Inspiração


Follow

Sentimentos

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.