Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

because your smile make me live ♥

so strong, so broken

so strong, so broken

because your smile make me live ♥

26
Out17

como transformar um novo lar no antigo

É o meu luga mas não o é.

Por mais que me tente sentir confortável, falta agora, faltam várias coisas. Aquela luz natural ao entrar pelo quarto a dentro, no início de um novo dia. Aquele canto que transformava quando me sentava no chão a fazer o que mais me dava prazer. Não ter problemas em ligar-me à internet e estar completamente à vontade. Foram 4 anos a construir o meu canto, o meu lugar seguro e confortável.

Em pequenos instantes, tomei as decisões daquele impasse esgotante que me andava a levar ao limite. Voltar à cidade que me acolheu e se tornou no meu lar, arranjar um novo quarto para habitar, continuar o meu percurso acadêmico. É complicado mudar de ambiente, com alguns não's que não deixam aparecer aquele sentimento, que é um sítio em que me sinta realmente bem. Apesar de o ambiente acadêmico ser o mesmo, é uma nova vertente, fora do que estou habituada, talvez um pouco fora da minha zona de conforto.

Uma nova rotina, não houve tempo para imaginar como iria ser. No meio espaço aproveitei para descansar e viver um pouco sem as preocupações que me assolam todos os dias, ter as merecidas férias. É o choque de ver a realidade à frente dos meus olhos e a ilusão que o meu cerebro cria como mecanismos de defesa.

É simples, mas não o é. A minha mente cria filmes e alimenta os pequenos monstros que me provocam o medo de como sera? Irá ser sempre assim daqui para a frente? Como é que posso pôr um travão nesta maneira que me sinto? Como posso mudar e criar o meu espaço confortável e seguro?

O vento tanto leva, como traz. É assim que a minha mente age. Pensar no que fazer, começar a agir, ou planear, saber que estou no controlo. Não ser capaz de sentir aquela segurança, pensar continuamente que falta algo e afetando todo o resto.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

Mensagens

Inspiração


Follow

Sentimentos

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.