Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

because your smile make me live ♥

so strong, so broken

because your smile make me live ♥

so strong, so broken

23.Jul.10

one day

will be better!

Dias são mistérios por descobrir.

butterfly and light  <3

 

Todos os momentos são precioso por mais pequenos que sejam  @

 

Duas faces, sim, mas gosto apesar tudo, existe sempre algo novo a descobrir e algo novo para aprender a controlar.

 

Sao aquelas tardes de um total confusão num total diversão, é vida para viver e querer repetir muitas mais doses de agua fria  xD

We Rock!

 

 

Piscina com os m.a's  *-*

 

 

 

 

 

Are my secrets, not yours  :p

 

"Oh, meu, ela faz anos mo mesmo dia que eu"  :o        E o menino Henrique é mais novo  uhuh

e de repente um momento de silêncio dos Unsstopables.

só mais três dias e férias novamente  (:

 

 

 

20.Jul.10

pequenos momentos

de felicidade que valem mais do que mil anos de glória!

Momentos MBM  +.+

 

 

 

 

 

 

 

 

Quero voltar a acordar tarde    T.T

Aulas de manha e ainda por cima no que tenho mais dificuldades já deram, não é para mim. No fim será que vale a pena lá andar para não passar de nivel?

Talvez sim ou não, mas a verdade é que que estou a gostar.

Unstoppables são os melhores  (a)

 

 

 

14.Jul.10

sem coragem

para dizer o que havia de dizer, mas é mais forte que eu. Não consigo ser eu primeiro a falar, sempre foi assim...

Uma confiança que se evapora aos poucos, mas que de repente é como se voltasse  (:

 

 

Um principio, um meio, um fim, mas só quando a morte nos separar :p

09.Jul.10

Grandes palavras...

 

por isso desculpem, mas apetece-me escrever  :b

 

Aquela coisa estranha, um aperto no peito, o 6º sentido no seu auge, antes de sequer ver! Aconteceu novamente e não sei explicar o porque, coisa sobrenatura l. Só depois o vi, tão diferente, tão ... normal para mim! Nada depois houve, o fim já se tinha dado a muito tempo, mas porque isto continua a acontecer?  o.o

 

 

 

A olhar para o mar nada se passa em mim a não ser uma sensação de ser livre por breves momentos.

Ser quem realmente eu sou, sem as tais barreiras que escondem o mais profundo.

Novamente a criança a despertar com força para enfrentar os medos que aparecem como pedras no caminho.

Foi isto e muito mais para o que não há palavras para descrever.

Férias que chegaram ao fim por tão pouco durarem, mas o que duraram foi único.

Como já é normal tinha que ir ao cinema ver algum filme  :p  infelizmente não foi com a ana

O Principe da Pérsia, areias do tempo, para mim um dos melhores filmes que já vi até agora, fiquei apaixonada por tudo  *-*

Agora novamente na santa terrinha que me faz odiar este lugar de pessoas “onde não há espaço para respirar”.

Um calor abrasador, um tempo tão diferente do que é lá  -.-‘

Quem me dera poder ir para lá novamente...

 

Nunca me soube tão bem rir de gozo  =D

 

 

 

 

Queria que tudo voltasse a ser como era dantes...

 

 

Bye  :p

03.Jul.10

um rumo

 

Perdida num mundo de palavras incertas conduzindo a acções eradas, talvez. Um rumo destorcido, possibilidades que não vão acontecer impedidas por um medo que abre a liberdade do mundo. Poucos meses para aproveitar a felicidade e vencer!

{Não tarda virá mais uma fase complicada da minha vida, não estou preparada para vir a suportar o que poderá acontecer. Poderei perder tudo se me deixar levar pelos sentimentos e desligar-me do mundo real. Não quero que as coisas tenham que vir a ser assim, não quero ter medo de me vir abaixo, não quero!}

À deriva por um caminho certo num momento incerto, resume-se a tudo.

Tenho uma certa raiva aquelas raparigas, fizeram vocês mudarem e não querem ver isso.

Felizmente não sou só eu a dizer isto. Poderia dizer directamente, mas prefiro guiar-me pelas indirectas, quão inteligente, serás?

Onde se escondeu aquela pessoa que nos fazia rir quando estavamos a escorrer lagrimas nos piores momentos e nos conseguia animar-mos para seguirmos em frente!? Escondido em ti próprio.

Sinto falta daqueles momentos, aquelas conversas que só nós o percebiamos, aquelas brincadeiras.

Agora que nada disso tenho, talvez a última prova de um treino nunca descoberto, muito menos falado. Só visto, em que ser superficial em relação a certos pontos é o essencial.

Fazes-me falta, não o vou negar, mas também não me vou agarrar a isso, sei que estarás sempre lá, apesar de tudo. Seguir o teu exemplo, basta-me...

 

 

 

Bye