Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

because your smile make me live ♥

so strong, so broken

because your smile make me live ♥

so strong, so broken

30.Set.10

De que servem as palavras

senão as consigo expressar...

De que valem os gestos

senão os consigo fazer...

 

Como o Castiel, o anjo de supernatural, caiu na terra e não conhecia a dura e cruel realidade do real mundo, sou eu que só percebi o que realmente é viver a um ano atrás. Foi como o despertar do Lúcifer, tanta ilusão acabavam em verdadeiros erros que iriam agora conduzir cada dia de vida.

 

“Luta por aquilo que desejas, luta pela tua felicidade, deixa-te de filmes”

 

Palavras que entraram, mas não consigo ter forças para as tornar realidade.

 

“Acredita que tens força, só tens que fazer por esquecer tudo o resto”

 

Seria bem fácil se não fosse atormentada pelo que já fui, o que sou e o que já fiz.   $:

 

Desistir e esquecer ou olhar em frente de queixo erguido e agir!

Existe um meio termo de falta de coragem que faz gelar todos os sentidos e movimentos.  :x

 

Cada dia passado é mais um dia de nada, um dia em que as coisas mudam mais uma vez, parecendo não aprender a evitar cenas escusadas.

Quero vencer tudo isto, isto já se arrasta há tempo demais, levou-me para um fundo que era coberto por mais ramos e folhas que não têm solução aparente. Simples coisas que levam ao limite da paciência de uma pessoa que tenta ser normal. Quero ao menos saber e sentir que fiz algo para tentar remedir o enorme erro que cometi.

Mais 24 horas passadas, mais 24 horas desperdiçadas, mais 24 horas que matam as possibilidades.

 

 

25.Set.10

chego aqui

e qual é o meu espanto quando leio um comentário a dizer que sou destaque nos blogs :O

Uma boa noticia no meio de uma mar de azares!

Muito Obrigada  (:

 

 

 

Deixei conquistar-me pelo medo. Foram meses a ser "perseguida", havia sempre maneira de saber tudo da minha vida, desliguei-me um bocado deste mundo por isso. Não bastava ter sido uma experiência como tinha de continuar a intervir. Basta!

 

 

 

 

 

Preciso de escrever, apesar de não ter palavras para me descrever.

O meu mundo foi abalado por uma avalanche, onde estou presa sem haver um sinal de luz à vista.

É horrivel viver assim, sem aqueles momentos, sem aqueles abraços, sem aqueles toques, ...

Ando perdida por este mundo, tarde demais percebi o que realmente queria, deixei-me levar por palavras sem sentimento.

Actos cometidos que magoaram, quem nunca quis que voltasse a passar pelo mesmo, por inconsciencia. Não se explicam, basta um gesto que não se consegue parar, para mais tarde se tornar num erro.

É dificil para ti, mas também o é para mim.

Tão próximos que eramos e agora os carinhos perderam-se em palavras desaparecidas.

Sou uma parva por continuar ali, sem fazer nada...

É preciso agir e vou fazê-lo.

Não consigo continuar assim, tudo está mal, mas eu posso tentar mudar isso!

 

 

 

Mais vale amigos do que nada...

23.Set.10

um passo atrás

para dar dois em frente.

 

Mais um ano lectivo, mais um desafio pela frente, com inúmeras provas pelo meio que têm de ser vencidas por mais dificeis e exigentes que sejam.

 

Recomeçar tudo do zero, mas não tão no zero, prometi e quero cumprir. As certezas nunca estiveram tão claras, sempre foi tudo um bocado cabeça no ar, mas tudo muda porque é assim a lei da natureza. Tenho noção que não é facil, pelo contrario, mas cometem-se erros e só no fim percebemos o significado e as consequências deles.

 

06.Set.10

#textos

 

hole chest

A clareira

Mudança ou aviso

cidade sem luzes

dark side

cartas

i want you

Túnel de solidão

Bilhete 

Pedaços 

Tempestade 

Silêncio

Leva-me

Continuação

Pequenos Monstros

Ambientes

Monstros

Diário

Sombras

Uma palavra sobre saudade

Sangue de vida

Ansei-o pelo dia de amanhã

Anjo da Paixão 

Entre muros 

As palavras que nunca te direi 

Vida Fugitiva (fic)

Casa Assombrada (fic)

Sede de obseção (fic)

Momentos de desespero