Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

because your smile make me live ♥

forceful, trust, connected & discovering the wonders of the universe ✨

because your smile make me live ♥

forceful, trust, connected & discovering the wonders of the universe ✨

28
Ago19

virgo season is here

bii yue

Férias que souberam tão bem a alma. Um reconectar e recarregar mais profundo que estava a espera. Como já disse, o ambiente que senti na Zambujeira do Mar foi tão relaxante e energizante, criei uma ligação com aquele ambiente, não só estar a cumprir objectivos, estar a sair da minha zona de conforto, precisar de sair do ambiente rotineiro e estar a passar por uma fase "sem rumo e vazia". Foi todo um conjunto de emoções, sentimentos e acontecimentos que se alinharam e tornaram aqueles dias tão mágicos para mim.

De volta a realidade, tento trazer esses dias e energias sempre presentes. Aos poucos vou interiorizando esta jornada de transformação, de mais auto-conhecimento, mais amor-próprio, de maior gratidão. Descobrindo que o que sei sobre mim, o que pensava que já sabia e tomando consciência que é só uma espreitadela de um todo ser que sou e preciso aprofundar. 

Têm sido um alinhamento de acontecimentos, uma aventura e descoberta para combater aquela sensação de vazio pessoal. No início do ano idealizei que este ano fosse para mim mesma, cumprir objectivos pendentes, mais auto-realização e amor próprio. Fui perdendo a minha essência, energia para fazer o que me faz feliz, coragem para continuar a lutar e não me deixar vencer pela rotina e procrastinação. Até que aquele sentimento começou a gritar e a doer no meu corpo, os sinais ao meu redor começaram a ser mais evidentes, tomei a coragem e fui agarrá-los.

Tenho-me tornado mais consciente, mais atenta, mais envolvida no ambiente ao meu redor, mais conectada comigo própria. Estou a começar, quero aprender, interiorizar e devorar cada palavra que leio e escrevo, ainda é um longo caminho a percorrer... Estou recetiva aos sinais e energias que me apareçam à frente, consciente para a verdadeira realidade da minha pessoa (seja pelo lado positivo ou negativo), decidida a seguir esta jornada de transformação (pelo journaling, pela leitura, pelo contacto com áreas fora da minha zona de conforto).

Porque a pessoa por trás destas palavras sou eu, na versão mais vunerável, nesta pele onde me sinto confortável. No entanto, sei que consigo ir mais além (é o que o meu espiritio quer e precisa) ... estar mais alinhada com valores e ideias que irei continuar a descobrir, com o que realmente quero para o futuro, com as energias que me transmitem paz, gratidão, segurança, com o que me faz feliz.

let the Virgo Season bring all the good energy from universe into our lives ♥

19
Ago19

Roadtrip - Costa Vicentina, Algarve, Alentejo

bii yue

Posso oficialmente riscar mais um item da minha bucket list. Ao fim de já alguns anos a falar em fazer uma roadtrip por Portugal com o meu namorado, conseguimos ter a oportunidade para a realizar. Não houve muito planeamento, apenas se decidiu os dias e sítios mais concretos por onde se passar, mas no final acabamos por decidir muito no momento. 

Começando pelo itinerário geral, o que fui fazendo ao longo dos 5 dias com direito a fotos. No fim irei fazer um resumo dos pontos mais altos e baixos para mim.

Saímos numa sexta-feira e fomos diretos à Figueira da Foz para apanhar a estrada atlântica. Nós já tínhamos feito esse percurso num fim de semana, onde passamos pela praia de São Pedro Moel, Nazaré, São Martinho do Porto e Foz do Arelho.

IMG_20190809_134902.jpg

Estrada Atlântica

IMG_20190809_134941.jpg

Parque de merenda na Serra do Bouro

Por isso desta vez fomos seguidos para Peniche, com um pequeno desvio na Marinha Grande para almoçar. Como queríamos passar mais tempo na Zona Alentejana e Algarve, acabamos por não ir às Berlengas, mas espero que numa outra oportunidade.

IMG_20190809_152601.jpg

IMG_20190809_153704.jpg

IMG_20190809_153724.jpg

IMG_20190809_153921.jpg

Nesse mesmo dia ainda fomos para Lisboa, porque como eu tinha lá casa de familiares facilitava um pouco nas contas. Mas ainda deu tempo para passar pela Ericeira e apreciar a vista que foge das praias do norte. 

IMG_20190809_175813.jpg

O dia em Lisboa foi meio que um desperdício, porque saímos tarde demais para conseguir ir visitar Sintra (como não conhecíamos aquilo, fomos de carro até lá cima para depois não termos estacionamento e abortou-se a missão), andamos perdidos até lá chegar e a tarde foi passada a conviver com amigos dele no Miradouro da Graça. Era suposto lá ficarmos 2 dias, mas como não tínhamos nada que nos prendesse e o plano do dia anterior tinha saído furado, decidimos seguir viagem. No domingo seguimos para Setúbal, passamos a manhã a explorar a Serra da Arrábida.

IMG_20190811_110217.jpg

IMG_20190811_110545.jpg

IMG_20190811_110629.jpg

IMG_20190811_110759.jpg

Fomos almoçar a Sines e seguimos caminho para Vila Nova de Milfontes. A nossa intenção inicial era ficar a acampar aí, mas após analisar melhor os comentários e localização dos parques de campismo, decidimos que seria melhor ir para Zambujeira do Mar.

IMG_20190811_153502.jpg

IMG_20190811_153808.jpg

Vila Nova de Milfontes

Ficamos no Camping Villa Park Zambujeira  durante 2 dias. Nesse dia no fim de montarmos a tenda ainda fomos à vila passear. No dia seguinte fizemos praia de manhã e à tarde na Praia dos Alteirinhos e à tarde ainda aproveitamos para ir à Praia do Patacho ver o barco que tinha encalhado há uns anos.

IMG_20190811_175151.jpg

IMG_20190811_184827.jpg

IMG_20190812_124138.jpg

IMG_20190812_124210.jpg

Zambujeira do Mar

IMG_20190812_102717.jpg

IMG_20190812_102723.jpg

IMG_20190812_180637.jpg

Praia dos Alteirinhos

IMG_20190812_142827.jpg

IMG_20190812_142946.jpg

IMG_20190812_143354.jpg

Praia do Patacho

Na quarta seguimos caminho, continuando pela Costa Vicentina até Sagres.

IMG_20190813_122118.jpg

IMG_20190813_122455.jpg

IMG_20190813_122504.jpg

A viagem nesse dia continuou para o Algarve, fomos montar as coisas no Parque de Campismo de Albufeira e aproveitamos o resto da tarde para ir fazer praia na Praia do Alemães. Decidimos que, tal como na Zambujeira, iamos ficar 2 dias neste parque de campismo. Nessa noite fomos até Vilamoura e no dia seguinte fomos até Faro de manhã, à tarde voltamos a fazer praia, desta vez na zona de Olhos de Água e à noite fomos até Albufeira.

IMG_20190814_115350.jpg

IMG_20190814_115805.jpg

No último dia voltamos a percorrer as estradas do Alentejo até Évora, onde fomos visitar a capela dos ossos e o templo de Diana. No caminho de volta até Aveiro, apenas se fez uma pequena paragem em Lisboa.

IMG_20190815_131123.jpg

IMG_20190815_131326.jpg

IMG_20190815_135423.jpg

Adorei a viagem, especialmente porque eu nunca tinha ido abaixo de Lisboa e era algo que já queria há vários anos. No entanto, como só tínhamos aqueles dias e queríamos ir ao Algarve, não houve tempo para visitar mais locais da Costa Vicentina. O objetivo é numa próxima ir aos locais que nos faltaram visitar. 

Zambujeira do Mar foi um lugar especial, quase que posso chamar "mágico". A paisagem é linda, a Praia dos Alteirinhos é sem dúvida um lugar a visitar porque quando a maré esta baixa é possível passar a encosta e descobrir pequenas grutas esculpidas e praias inacessíveis em maré cheia. O parque de campismo é 5 estrelas e não poderia ter escolhido melhor local para ficar, visto que foi a primeira que acampei. Têm espaço com sombra em praticamente todo o parque, um ambiente bastante agradável, calmo e acolhedor, com condições óptimas. Casas de banho sempre limpas e com água quente, piscina e jacuzzi de água salgada gratuitos e preços de estadia acessíveis. Só os preços do bar e mercado é que eram um pouco elevados.

IMG_20190812_092507_328.jpg

A contrastar com o Algarve e o Parque de Campismo de Albufeira. Este parque têm uma grande área, o que significa que acolhe imensas pessoas e o lugar com sombra é limitado, as casas de banho não estão limpas, não existe água quente (apenas a temperatura ambiente ou fria). No entanto existe piscina e um bar/café que anima as noites. Nós conseguimos arranjar um local com sombra ao final do dia, mas de manhã quando o sol começava a bater tornava-se impossível estar na tenda. Infelizmente não gostei do parque, das pessoas, do ambiente. Talvez numa época mais baixa seja minimamente melhor, mas em época alta já se têm que ir a contar com estes problemas. As praias do Algarve até são bastante bonitas (mas não percebo porque dizem que a água é quente quando me pareceu tão fria como a do norte), com água limpa e consegue-se arranjar espaço para se estar. Só que o calor que se faz sentir para quem não esta habituado é avassalador. Admito que fiquei dececionada com o Algarve, estava a espera de um ambiente diferente. Se calhar posso não ter ido aos lugares certos, mas não fiquei conquistada. 

Voltando a entrar na costa alentejana, voltei a ficar rendida pelo ambiente e energia. Évora é uma cidade pequena, mas bastante pacata e a visita a capela dos ossos deixou-me vidrada (já que sou fascinada por coisas mórbidas), tal como o templo de Diana e a paisagem que se consegue ver. 

Concluíndo foi uma experiência a repetir! Definitivamente que quero fazer o que falta da Costa Vicentina e gostava de voltar ao Alentejo e visitar Beja porque nós tivemos que saltar essa cidade por não termos tempo.

A nível monetário rondou os 200€, com gasolina (60€), alojamento (70€) e alimentação (40€). Fomos de carro e a preguiça venceu, por isso acabamos por fazer muitas refeições fora ou ir ao pingo doce comprar algo. É uma viagem cansativa mas vale cada momento e euro gasto!

IMG_20190812_102335.jpg

(random foto para finalizar, só porque sim) 

Se quiserem ver mais, vão até ao meu instagram porque tenho um destaque das stories e fotos fofinhas no feed. 

Sobre mim

foto do autor

Parceria/Colaboração

contacto: helenabeatriz12@sapo.pt

Pesquisar

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

Inspiração


Follow

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sigam-me