Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

because your smile make me live ♥

forceful, trust, connected & discovering the wonders of the universe ✨

because your smile make me live ♥

forceful, trust, connected & discovering the wonders of the universe ✨

29
Set21

Desafio "Arte e Inspiração" - 3

alma de bii yue

Edvard Munch, O grito

edvard_munch_-_the_scream_-_google_art_project.jpg

abismal. perante a continuação daquele ponte que aparenta não ter fim. uma longa caminhada, em espiral. outras pessoas passam na direção ou na aposta.

aquele aperto no estômago, a respira curta e raza. o corpo encolhe-se sobre si, pede algo confortável, mas isso não ajuda. fugir para a noite. solitário. o escuro num laranja que vai ao vermelho. 

expulsar. mexer. partir. gritar no carro em viagem. ficar com o corpo parado a sentir a chuva fria na pele. ficar na ponte sem saber que direção seguir.

imaginação. surpresa. apatia. frustração. revolta. surpresa. indecisão. medo. 

pensamentos que não param. mente inquieta com medos e inseguranças. 

No desafio Arte e Inspiração, participam  Ana de DeusAna Mestrebii yue, Bruno EverdosaCélia, Charneca Em FlorCristina AveiroGorduchitaImsilvaJoão-Afonso MachadoJosé da XãJorge OrvélioLuísa De SousaMaria AraújoMarquesaMiaOlgaPeixe FritoSam ao LuarSetePartidas

27
Set21

#39 de 51 perguntas

alma de bii yue

coloca a música em aleatório e escreve o que sentes ao ouvir essa música

Xangô - Nicole Salmi, da playlist the radio kyrtan

A energia a cresce, que quer ser solta pelo movimento. As palavras que conexão com a natureza e o universo. A importância dos pés a tocar o chão, ouvir o sambor do tambor, apreciar a natureza e os animais que habitam, viver em amor. Uma melodia poderosa que fala com os elementos que nos constituem.

Tive que ir pesquisar o que era Xangô: um rei da nigéria tornado orixá (quando se adora um Deus, refere- a adorar as forças da naturezade) com caráter muito justo, violento e vingativo, cuja manifestação são o fogo, os raios, os trovões. Um poder incrível.

24
Set21

DIU, método do calendário, termómetro basal

alma de bii yue

Foi durante meados de 2020, que decidi largar a pílula abruptamente, história aqui.

Quando voltei à Portugal fui ao ginecologista e decidi colocar o D.I.U. hormonal numa última tentativa e com esperança vaga por ter uma percentagem tão baixa hormonal. Pior experiência! Ter colocado foi terrível, uma dor excruciante que durou horas, o meu corpo entrou em choque e fiquei assim por mais de 20 minutos até o corpo voltar a estabilizar. Passados uns 3 dias a dor começou a acalmar, no entanto os efeitos secundários eram constantes. Desconforto, inchaço constante, alguma dor em certas posições, tpm com dores excruciantes. Desde o primeiro segundo que o meu corpo estava a rejeitar e a experiência foi horrível e só queria aquilo fora do meu corpo! Três meses depois fui retirá-lo e a liberdade imediata que senti. Demorou umas 2 semanas até o meu corpo desinchar, mas era um alívio não ter mais dores ou desconforto constante. 

Para juntar a coleção de histórias médicas, quando fui à consulta ara retirar o diu, em bruxelas, sofri com o mesmo preconceito apesar de ligeiramente mais respeito. A típica conversa de o contraceptivo hormonal é que previne uma gravidez e ajuda a regulação do ciclo, quando são ideias totalmente ao lado. É possível prevenir gravidez e conhecer melhor o corpo e os ciclos naturais sem qualquer hormona artifical! Exige pesquisa, paciência, atenção e cuidado. Cada mulher sabe e sente o que é melhor para ela e para mim é isto. Sangrar de verdade é das mais libertações e reclamar do meu poder enquanto mulher.

Após esse tempo, passei novamente por um detox, felizmente mais suave, e voltei a ter o poder sobre o meu corpo e a conectar com os meus ciclos mais profundamente. No entanto após tantos anos a ter hormonas a controlarem o meu corpo, sabia o quão desregulada me encontrava. Os sintomas de tpm continuavam e não é normal. Decidi fazer sessões de acupuntura que ajudaram de uma maneira que foi incrível e o quão mais leve me sentia após.

Continuei a tomar shatavari, brahmi e comecei com omega-3. Desde então que estou a monitorizar o meu ciclo naturalmente e conectar ainda mais tempos. Tirando a desregulação que a vacina me trouxe durante os meses das 2 doses, foi a melhor decisão sair de controle hormonal. 

Durante imenso tempo, anos, sempre usei a aplicação "Flo", no entanto sempre achei limitante quanto aos sintomas e humores disponíveis, e após ter começado a monitorizar achei o mesmo devido a colocarem o perído fertil fixo, quando não é essa a realidade. Ao comprar o termometro, decidi experimentar a aplicação "femometer" e não podia estar mais satisfeita. Tem mais variedade de sintomas, humores e permite colocar mais detalhes sono, mc, medicação, exercício, detalhes da dieta, se ocorre alguma hemorragia que não é considerada periodo, álcool. A versão premium permite analisar todos estes aspectos, interpreta os gráficos e permite até comparar com outros. É algo que ano a namorar para investir.

Há um mês atrás comprei um termómetro basal para analisar a construir gráficos, compreender mais profundamente os meus ciclos, conseguir ter mais precisão sobre a minha janela fértil. Um processo, que leva tempo, paciência, o cometimento de todos os dias ter que tirar a minha temperatura estar disposta e aberta a observar, sentir e relacionar uns pontos com os outros

22
Set21

Desafio "Arte e Inspiração" - 2

alma de bii yue

Stary night de Vincent Van Gogh.

Stary Night Vincent Van Gogh.jpg

sonhos em espirais. recorrentes. começar pelo meio, ir até ao final e inicia um novo. cenários diferentes, mas as mensagens são sempre as mesmas. cores distoridas, os tons de azul constantes, as pequenas luzes ao fundo. o frio e quente para mergulhar nas profundezas da alma. as espirais para encontrar e resignificar a harmonia na vida. o conhecimento que o insconsciente carrega. as corridas de encontro à liberdade. a melancolia e depressão que as personagens carregam de si e da ancestralidade.

as constantes ansiedades, o pragmatismo de quem vive numa caixa, a dificuldade de compreender a complexidade e largar as rédeas que não pertencem. a sabedoria de quem sempre soube, a constante procura pela estabilidade e tranquilidade no azul do céu e da água. as noites passadas a olhar o céu estrelado, a falar com a lua. contando as mágoas, alegrias e sonhos. a clareza surgindo em sonhos, compreensões profundas, verdades que pesam, ações de cortar as cordas que dói. o iníco semelhante. atitudes que são pequenos passos.

mergulhar no azul escuro. pequenas luzes ao fundo. cair em queda livre até ao azul claro e ficar a flutuar nas águas calmas. a luz intensa da lua sempre presente. 

 desafio arte e inspiração da Fátima Bento, com a ajuda de:
Ana D.Ana Mestrebii yueCéliaCharneca Em FlorConchaCristina AveiroFátima BentoGorduchitaimsilva, João-Afonso MachadoJorge OrvélioJosé da XãLuísa De SousaMaria AraújoMariaMarquesaMiss LollipopOlgaPeixe FritoSam ao Luar.

20
Set21

#38 de 51 perguntas

alma de bii yue

que 3 lições queres dizer à tua criança?

não tens que carregar as emoções das outras pessoas, não te pertencem. 

os teus traumas e crenças vão ser um trabalho para a vida, coragem! tens tudo dentro de ti, vai sempre atrás da luz e de correr em direção às tuas liberdades. 

expressa-te, sê verdadeira a ti mesma.

17
Set21

vamos falar dos últimos tempos

alma de bii yue

Vamos aqui falar cara à cara, com mistura de tudo ao molho e respirar para não pirar

Começando ter ido parar ao hospital, há umas boas e boas semanas atrás, por ter apanhado uma gastroenterite que acordei e ainda hoje não sei como tive energia para descer as escadas todas da casa, ter-me enfiado num tram e ainda ter caminho uns bons 5 minutos para chegar ao hospital. Coisa engraçada, eram 7:30h da manhã, só tinha uma pessoa à frente e também era português. Só tenho coisas a louvar do atendimento em bruxelas, por só falar em inglês passaram-me para a equipa jovem, a preocupação das enfermeiras, ter um quarto só para mim, a quantidade de análises. Ao fim de umas quase 5 horas a olhar para o tecto, a sentir-me razoavelmente melhor (pelo menos mais hidratada), voltei a entrar no tram, subir a rua para ir ao hospital e o inferno de subir as escadas para o sótão. Assim que o meu corpo sentiu o conforto da cama descansou para a péssima noite e manhã. O dia seguinte ainda de cama, rodeada de água, chá, netflix e peluches para ajudar à solidão de se estar doente. Umas 2-3 semanas depois vem a 2º dose da vacina. Nem foi preciso chegar a 2 horas após para começar a fazer febre que ia desde um corpo a suar e a borbulhar e em segundos tornava-se num icebergue a derreter. O braço dorido nada era comparado as constantes subidas e descidas de temperatura durante um fim-de-semana inteiro

Estou grata por ter tomado a vacina, especialmente pela rapidez e efeitos secundários já era mais do que expectável para o pouco tempo de pesquisa. O que é frustrante é a desregulação hormonal que veio causar (quando estava a começar a equilibrar devido aos anos de pílula com acupuntura e ayurveda), o primeiro mês após nem chegou a 24 dias, o segundo mês passou os 34 dias, com tpm que só me relembrava os tempos de quando as hormonas artificiais da pílula brincavam com o corpo. E continua, o que causa revolta porque equilibrar o sistema hormonal é o que demora mais tempo e exige despesas para ajudar o corpo a ter uma ajuda a fazer o detox e acelerar todo o processo. 

Retorno de saturno aos 30 anos e a sua sombra que já cá anda a pairar desde inícios dos 26 anos. Não dá para fugir, é aguentar, suspirar e andar. Mas só tenho a dizer: *gritar interno*. Sabe-se bem a revolução que foi este ano, para além de ter sido o primeiro de um ciclo de 9 anos, a cada esquina havia uma surpresa. Apenas a começar. Retirar os pontos mais altos, já que enfrentar sombras é o prato do dia. Com treino, cobaias, ter tempo para concluir os pormenores que faltavam de cursos e pesquisas, apresentar-me ao oficialmente ao mundo, visto que era isso que faltava. Auto-promoção aqui! Agora é dar corda aos dedos e colocar por escrito, puxar pela imaginação e criar ainda mais conteúdo.

Mudanças, mudanças e mais mudanças. O meu lado que ama organização esta pleno, o problema é quando a ansiedade fala mais alto e quer dar um passo maior que a perna. E o que era a organização mental de tetris passa a remexer inúmeras vezes, ficar sentada no chão a olhar para o caos à volta e desesperar por uns minutos e voltar a repetir tudo outra vez. 

Ter o bom sol do nosso país, ir passar férias à mágica zambujeira do mar, aproveitar o tempo a sós e aprender a estar no sossego com o desassossego da mente, sair do conforto e ir porque o ritmo esta acelerada e tudo certo com os tempos. 

Sicronicidades! Quando dá aquele clique e wow, é sem palavras. Ver uma águia no céu a flutuar na sua liberdade. A liberdade de passar uma manhã a seguir a uma noite de tempestade na praia. O "silêncio" do oceano, o chamado da natureza e mergulhar nessa calma feroz, a luminosidade tímida e forte do sol entre nuvens a provocar a ilusão de um azul marinho claro do mar que se perde no castanho-bege da areia que é revestido por as conchas de diversos tamanhos, formas e cores.

Voltei a ler e o hábito esta a pegar e como sabe tão bem esta realização! Em menos de 1 hora li o livro "Terra Azul" da Célia. Uma história que agarra o leitor, porque a aventura esta sempre ali ao virar da esquina e com descrições que nos levam para aqueles ambientes serenos e de poder. Com um final que ensina a respeitar mas também a não desistir se é o que o nosso instinto diz. 

15
Set21

Desafio "Arte e Inspiração" - 1

alma de bii yue

"A Grande Onda de Kanagawa" de Katsushika Hokusai

Katsushika Hokusai.jpg

Tumultuoso. Desassossegado. Abalado. 

Ondas ferozes que engolem o que lhes faz frente. Contrastes de azuis, entre as levadas de água e a espuma. Um céu pintado de cinzento, a largar as suas mágoas pesadas. Sobre um oceano vasto e perdido pelo olhar. 

Estabilidade inexistente. Impossibilidade de navegar contra ou a favor. Força contra raiva. Lágrimas contra rios. Boiar no cheio, no vazio. 

Levar com a ferocidade do mar. Sentir o pranto do céu. Ficar nas fragéis tábuas de madeira.

 desafio arte e inspiração da Fátima Bento, com a ajuda de:
Ana D.Ana Mestrebii yueCéliaCharneca Em FlorConchaCristina AveiroFátima BentoGorduchitaimsilva, João-Afonso MachadoJorge OrvélioJosé da XãLuísa De SousaMaria AraújoMariaMarquesaMiss LollipopOlgaPeixe FritoSam ao Luar.

13
Set21

#37 de 51 perguntas

alma de bii yue

algo sobre o signo que faz sentido e o que não faz sentido

vamos falar sobre ser virgo, especialmente ter o sol e lua neste signo e ser o cliché deste signo.

  Lool yes 

Tudo isto faz sentido! Só um pouco "assustador" de tão verdade que é. No entanto, depois tenho o meu ascende em escorpião que faz com que o meu lado sombra e certos traços de personalidade não sejam nada fáceis de lidar

Clean freak? In every sense of the word? Hmmm... Gemini... Scorpio... huh? 

Estes traços já não são tão verdade, nem tudo o poder ser. Definitivamente não sou a versão 3, mas sim uma mistura entre a versão 1 e 2. E sei o quanto isso vai chatear as pessoas e fazer com que lhes encha o copo. Desculpem, eu não faço por mal, apenas me deixo levar e fico cabeça no ar. 

06
Set21

mais um ano de volta ao sol

alma de bii yue

27 anos e uns quantos meses desde que a minha alma decidiu estar nesta realidade. Vir revolucionar, ser o corte de gerações e vidas, ter a missão de viver

Foi um ano arrebatador e não se podia esperar menos de um ano pessoal 1 (começos, mudanças, descobertas, finais, retornar ao interior). Ser imigrante em tempos de pandemia, saudades, viagens limitadas, depressão sazonal. Ser a pessoa que uniu outras, daí vieram memórias e pessoas que levo com carinho pela aceitação. Aprofundar conhecimento, encontrar o meu caminho como terapeuta holística (verdade, é oficial! aqui me lanço ). Virar-me para a saúde psicológica e física com recuperações progressivas e pedras no caminho. Coragem para dizer não e colocar limites, libertar o tóxico, respeitar os mestres e as lições duras. 

Sair da zona de conforto. Explorar em diversos sentidos e meios. Descobrir-me e ser a verdadeira eu. Partilhar. Receber. Agradecer. Desconstruir. Mergulhar. Ouvir. Compreender. Destralhar. Digerir. Desconstruir. Decifrar. Colocar no sítio. 

De todo que não é um mar calmo. Tens os seus dias, mas também com turbulência que estar estável "é impossível". Uma rosa que floresce e cresce, mas a seu tempo deixa as pétalas cair ficando à mostra os picos. São ciclos, onde tanto se passa...

241219368_320054536559037_7055771210610296971_n.jp

mulher doce e selvagem, alma entregue ao xamanismo, percurso no caminho das terapias holísticas.

carreira no mundo da química e dispositivos médicos. conhecer a europa. investir em diversas áreas da vida. 

sair da zona de conforto. explorar os limites. 

é tempo )

 

As perguntas da aindasolteira encaixam-se perfeitamente neste mês.

❣️Será que estou feliz comigo e com tudo o que me rodeia?
❣️Será que estou a cumprir a minha missão de alma?
❣️Será que aceito os desafios como uma aprendizagem e tenho compaixão por quem não tem a mesma visão que eu?

Não é um sim completo a tudo. No entanto, sei que todo o trabalho interno encaminha-me para estar de acordo com as respostas que o meu ser têm. O mais difícil foi pedir ajuda, mas foi o desentrave para a fluidez. 

Time Flys Away ☽ ☾

Pág. 1/2

prazer, entra neste cantinho virtual 💌

2E0A6715
biiyue, sou uma adulta a descobrir como viver a vida.
uso as palavras e imagens para me expressar. a jornada de desenvolvimento e cura pessoal é o que me faz lutar para descobrir do que mais sou capaz.
vai buscar chá ou café, põe-te confortável
se ressoar, sê bem-vind(o-a) e fica o tempo que precisares 🌟
🌈 💮 🦉
conhece o meu trabalho holístico
⬇️
blog:🌛 🌝 🌜

descobre-me

foto do autor

Parceria/Colaboração

contacto: helenabeatriz12@sapo.pt

baú de recordações

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

you're doing great! ♥

vibes ✨

pesquisa e encontra

Instagram

youtube channel

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais de mim no mundo social

Eu Sou Membro

Em destaque no SAPO Blogs
pub