Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

because your smile make me live ♥

forceful, trust, connected & discovering the wonders of the universe ✨

because your smile make me live ♥

forceful, trust, connected & discovering the wonders of the universe ✨

20
Mai20

Desafio dos pássaros - "Vou ali e já venho"

alma de bii yue

- Vais esperar por mim?

- Sim, não te preocupes. Não importa o tempo que for, eu vou estar aqui quando voltares.

- Obrigado. Tenho a certeza que já não serei a mesma pessoa, irei crescer um pouco mais. Por mim, por ti, por nós. Mas o sentimento que sinto por ti, vai reflorescer uma vez mais. 

As horas, passaram a dias. Os dias passaram a semanas. As semanas passaram a meses. Eventualmente  o tempo foi e vai passando

Vou ali e já venho. Espera só mais um pouco.

12
Mai20

Desafio dos passáros - Mais oito!

alma de bii yue

Só mais 8...

Mais 8 horas de trabalho. Menos 8 horas de trabalho.

Mais 8 euros para as compras. Menos 8 euros gastos nas compras.

Mais 8 minutos para serem 8 horas. Menos 8 minutos após as 8 horas.

Mais 8 minutos e depois levanto-me. 

Mais 8 minutos passados no trânsito.

Mais 8 quilómetros. Menos 8 quilómetros.

Mais 8 passos para chegar à casa.

Mais 8 shots e vamos para a festa.

Mais 8 copos e vamos para casa.

Mais 8 episódios para acabar a temporada. 

Mais 8 números para ser a minha vez. 

Mais 8 minutos de espera.

Menos | Mais 8 (incluir algo aqui) da minha vida.

Desperdicei mais 8 minutos.

Mais tattos de ∞ deitados.

Precisas mesmo de contar todos os mais e menos do teu dia?!

8 ou ∞ pode parecer infinito, mas o tempo é finito.

O tempo é agora ou nunca.

07
Mai20

Desafio dos passáros - Cantas bem, mas não m’encantas!

alma de bii yue

A vista que se tinha na montanha era linda e vasta. Uma mistura de verdes da vegetação e do cinza das rochas. O silêncio longe da sociedade, apenas o som dos bichos da natureza, o vento a assobiar.

Vivia para aqueles escapes. Fugir do ritmo frenético da cidade e ir para as montanhas passear. Descalçava-se para sentir a terra e ervas em contacto com a pele, ouvia o pulsar de vida ao seu redor, dançava ao ritmo do vento a abraçar o seu corpo. Cantarolava ao ritmo das aves que iam sobrevoando.

Ela estava tão envolvida no seu mundo, que ao ouvir ao longe as palavras "Cantas bem, mas não m’encantas!", tropeçou numa pedra e caiu numa poça de água. Era o hippie que recentemente tinha mudado a sua rota de treino na montanha para a que ela tinha. Mais um dia a meter-se com ela, numa tentativa falhada de esconder os sentimentos que não conseguia revelar. E naquele momento, ela tomou uma decisão!

30
Abr20

Desafio dos pássaros - “E elas saltaram e saltaram, sem nunca mais parar."

alma de bii yue

Um sonho é ir a um parque de diversões, mais especificamente aqueles que tem os trampolins e as piscinas de bolas para gente graúda. 

Soltar a criança interior. Saltar e saltar sem nunca parar, quer dizer até o corpo se começar a queixar, descansar por um bocado e voltar a saltar e saltar. 

Sonhos de criança adulta destruídos. Isto era um plano prestes a concretizar, mas depois veio o distânciamento social sem fim... 

23
Abr20

Desafio dos passáros - Cada um come onde quer e repete se quiser!

alma de bii yue

Os pássaros assim que aparecem os primeiros raios de sol começam logo a cantar. Sente-se a natureza no ar. Os dias são solarengos e longos, uma brisa para refrescar o dia. 

O gato fica todo o dia na janela a olhar para o vazio, a espera que um dos pássaros passeie ou pare nos ramos para começar a fazer aquele som estranho, mas adorável.

Mais uma bebida quente, seja café ou chá, ir até à janela e apreciar o mundo a decorrer. As poucas nuvens vão passando, os pássaros voam, o vento abana as folhas das árvores. Parar, respirar e apreciar o momento presente. 

A fome aparece, juntamente com desejos que não dão para negar. O gato também pede por comida e os pássaros juntam-se a espreitar pela janela. 

Uma tarde passada no comforto da casa, a relaxar, a aproveitar o tempo livre na companhia felina. Ele chega a casa, e tudo fica completo. Um cuddle a três no sofá, até ser hora de jantar.

Junto à janela esta o gato do lado de dentro, a gata dos vizinhos e uns pássaros a pousar perto do lado de fora

15
Abr20

Desafio dos passáros - Atualizem-se, por favor!

alma de bii yue

O mundo esta a mudar, é bastante visível. Mas e o teu mundo interior também esta a mudar? Ou estas a lutar contra essa mudança e a querer ficar estagnado? Estas a conseguir encontrar o equilíbrio? 

Vamos atualizarmos-nos e ser realistas! Não é uma maratona de produtividade, longe disso, porque cada indivíduo tem à sua maneira de digerir. Esta tudo bem, senão tens a energia ou coragem para encarar os dias que se tornaram monótonos, onde a incerteza e medo prevalecem, onde finalmente chegou mais um dia e passou mais um dia. Esta tudo bem, se tens a energia e entusiasmo para aproveitar o tempo livre para aprender, praticar exercício, dedicares-te à ti próprio e ao que gostas, puxares pela criatividade.

Não esta tudo bem, não vai ficar tudo bem. Existe a esperança no contrário dessas palavras, isso sim. E é esse sentimento que têm que se trazer no coração

Tens a escolha se te queres actualizar ou não. Tens o poder de mudar o teu mundo e consequentemente irás transmitir para o mundo externo. Tens a decisão no que queres fazer. Tens a liberdade de te sentires melhor ou pior ou nem sequer sentires. Atualiza-te no sentido que é tudo válido e esta tudo bem com a maneira que estas a reagir e a sentir.

04
Abr20

Desafio dos pássaros - Não tenho o tempo

alma de bii yue

- Deixa-me ir, isto não pode esperar, o tempo é agora. Sinto em todo o meu corpo que não há mais tempo a perder, a minha alma chama por isso. Tenho que ir e viver, descobrir mais de quem sou e do que sou feita. 

- Não estas preparada, precisas de mais tempo. Precisas de planear melhor, ter em conta tudo o que pode acontecer, aumentar as tuas poupanças, zelar melhor pela tua segurança. Espera, espera mais um bocado, porque ainda há tempo.

Ela olhava ao espelho, completamente vidrada no seu reflexo. As suas vozes interiores gritavam uma contra a outra. Só queria silenciá-las para conseguir ouvir o seu coração. Não tinha tempo para estar a aturar-se. As lágrimas escorriam lentamente pela sua face.

Estava tudo pronto, as malas feitas e encostadas à porta. Ela estava pronta, botas de salto pretas, leggins pretas de algodão, camisola de lã branca a dar pela coxa, casaco volumoso azul-escuro.

Fecha os olhos, respira bem fundo e olha-se novamente ao espelho. Estava nua, com as lágrimas já a baterem no seu peito, punhos cerrados e com o quarto numa desarrumação na sua arrumação

Não tinha o tempo de qualidade para ela própria, o problema era esse. Não queria enfrentar-se, era mais fácil perder-se no tempo. Precisava de respirar e olhar-se nos olhos, perguntar-se o que realmente era e o que queria. Lidar com ela própria, aceitar, respeitar, perdoar e amar.

01
Abr20

Desafio de escrita dos pássaros - encruzilhada da alma

alma de bii yue

Tive uma ideia! Não, são várias ideias, mas não sei qual devo escolher... Qual será a melhor? Qual será a que realmente quero? Qual será a que me irá trazer mais concretização, mais prazer? Qual será a que irá trazer aquele sentimento de estar a seguir o meu verdadeiro propósito e ser verdadeira a mim mesma?

É uma encruzilhada e eu ali parada no meio. Estática, mas com o coração a pulsar com todas as revelações, e abismada com o caminho que estou a tomar. Qual é o mais correto? Qual é o melhor? Qual é o mais brilhante? Qual é o mais prospero? Qual é o mais trabalhoso? Qual é o mais gracioso? Qual é o mais prazeroso? Qual é o ideal?

Em tempos de descoberta, as portas e janelas abrem-se. Tudo depende da atenção e intenção que estão implantadas no ser. O poder de escolha pertence-nos, mas é a decisão que perdura. E qual é essa decisão? Não sei, mas tenho as ideias...

Ouve. Reflete. Confia. 

Tudo têm o seu tempo.

20
Mar20

Desafio de escrita dos pássaros - Foi tão bom, não foi

alma de bii yue

Ele abriu-lhe a porta, sendo cavalheiro, e entraram no restaurante japonês. Sentaram-se numa mesa que lhes foi indicada e pegam nos menus. Subtilmente ele coloca o telemóvel em cima da mesa e a ânsia dentro dela começa a crescer. A excitação e adrenalina começam a percorrer-lhe o corpo. Baixa o menu e olha para o que ele estava a fazer no telemóvel, mas estava simplesmente a responder a uma mensagem.

Após fazerem o pedido, ele pega-lhe na mão e um arrepio percorre-lhe o corpo, só a sensação de pele com pele com todo aquele pensamento de quando é que ele ia começar já a estava a deixar molhada. Decidem brindar e no momento que ela estava a dar o primeiro trago, sente uma vibração no clitóris que a faz escapar um gemido e uma tentativa de não entornar a bebida. Ela olha-o nos olhos e ele estava sereno, mas com aqueles olhos vibrantes de desejo. A vibração vai aumentando gradualmente até ao nível máximo que a fazia vir-se em questão de minutos. Ela crava as unhas no sofá onde estava sentada, morde o lábio e olha-o nos olhos implorando para parar porque não ia conseguir aguentar os gemidos dentro de si.

O pedido deles chega e ele para a vibração e ela respira fundo de prazer e alívio. Com toda a excitação que sentia no corpo e o pulsar constante do seu clitóris, ela despacha-se a comer e decide que não podia ser só ela a desfrutar. Descalça um dos saltos, levanta ligeiramente a toalha para ter mais espaço e coloca no meio das pernas dele e qual é o seu espanto quando o sente duro. Ele tenta alcançar o telemóvel, mas ela tinha pegado nele primeiro. Em 5 minutos, ele pede a conta, pega-lhe na mão e vão entre beijos sôfregos e toques mordazes até uma ruela vazia

Ela é encostada à parede e entre beijos, desapertar e puxar de roupa, sente a vibração e a ser preenchida. Deixa o peso do seu corpo cair sobre ele por uns minutos, até recuperar novamente o controlo do seu corpo e de toda a sensação de êxtase. Tira-lhe o telemóvel e passa a ser ela a controlar a vibração. Olhares cruzam-se por entre sorrisos sinceros de prazer.

O que para eles pareceu uns minutos, foi uma meia hora de excitação de toques entre corpos e gemidos de desejo.

13
Mar20

Desafio de escrita dos pássaros #2.7 - Um brilho boho

alma de bii yue

"Já alguma vez pensaste como vai ser quando já não estiveres neste mundo físico? De que modo é que as pessoas te irão celebrar? Como será a tua memória para elas?"

"Não, mas imagino que seja algo lindo e com um profundo, porque sei que irei deixar a minha presença seja por ter sido uma mudança de pensamento ou cura, em que precisa."

...

As cores no horizonte começavam a mudar para os tons laranja e rosa, as típicas de verão. A maré começava a baixar e a praia a encher-se de sombras por causa da falésia. O vestido laranja comprido esvoaçava a cada passo dado até chegar à beira-mar. O seu cabelo ruivo com reflexos vermelhos, estava com algumas trancinhas e alguns apliques de penas tribais. Senta-se na areia molhada a saborear a sensação que lhe provocava no corpo.

O pôr-do-sol sempre seria um momento mágico, não importava quantas vezes o vi-se porque havia sempre diferenças. Era ainda mais especial por estar de volta ao local onde começou a despertar e começou a sentir a magia do universo a fluir na sua vida. Desde desse momento que cresceu, viveu, mudou, desapegou, chorou, riu, investiu imenso em si própria, encontrou o seu caminho e foi mudando a vida das pessoas que lhe apareciam à frente fosse através de umas simples palavras ou através das técnicas que tinha aprendido durante o seu percurso pelo mundo holístico. 

Quando ela começava a refletir sobre a sua vida, as lágrimas caiam pela gratidão que sentia. Por tudo o que foi aprendido através dos bons e maus dias, pelas pessoas que mudaram à sua vida e à sua visão de si mesma e do mundo, pelas que conseguiu ajudar a encontrar à sua própria cura. Pela criança e adolescente que foi, tão ignorada e não compreendida, pelos anos bastante confusos de não saber se estava realmente a viver, pela mulher que se começou a tornar. Pelos diferentes percursos que percorreu, por ter encontrado o seu caminho que apesar de ser controverso e nem sempre bem visto pelas pessoas onde perdeu coisas pelo meio, também ganhou coisas ainda mais especiais com o passar do tempo. 

Ela era finalmente livre, dona de si mesma, carismática e envolvida num brilho radiante. Estava no caminho que lhe tinha sido destinado e estava verdadeiramente feliz por ter descoberto quem era

descobre-me

foto do autor

Parceria/Colaboração

contacto: helenabeatriz12@sapo.pt

Instagram

pesquisa e encontra

baú de recordações

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2008
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

you're doing great! ♥

vibes ✨

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais de mim no mundo social


Follow