Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

because your smile make me live ♥

so strong, so broken

because your smile make me live ♥

so strong, so broken

23.Ago.18

Clareira

bii yue
Ela esta presa entre a realidade e a imaginação.Ali esta ela, em frente a um portão velho semi aberto.É final de tarde, as cores do céu misturam-se em tons de laranja-vermelho-rosa, uma doce explosão. Em contraste, com uma tempestade de trovoada que se aproxima, um céu escurecido por nuvens carregadas que levantam um vento quente e pesado. Os cabelos dela voam com as vagas de vento ao seu redor, os seu olhos oscilam entre aquele pôr de sol harmonioso e entre aquele portão semi (...)
13.Set.17

apenas aqueles 5 minutos

bii yue
Ela sentou-se no seu banco de jardim favorito. O tempo estava agradável, para o verão abafado que se fazia sentir, uma brisa fazia os seus cabelos esvoaçarem e explorar os vários tons de vermelho e laranja. Tinha algum tempo livre para puder fugir do mundo e puder escrever no diário de couro. "Acordar é um pesadelo, fico sempre à espera da noite para que haja um pouco de silêncio. Sentir que estou minimamente bem comigo mesma e não esta desgraça de desespero que cresce a olhos (...)
09.Jul.17

Sussuros

bii yue
Sussuro à noite para que me acolha e me faça vaguear em segurança. O mundo é vasto lá fora, mas é infinito cá dentro.Sussuro à escuridão para que me guie. Que me acompanhe neste caminho atribulado, mostrando-me a beleza do que não consigo ver. Ela sonhou bastante, nessa noite o seu inconsciente decidiu dar-lhe o escape que precisava mas não podia. Do nada aparecem-lhe cortes no pulso, finos mas que proporcionavam aquela sensação de alívio. Uma dor física para suportar a (...)
25.Abr.17

*inspirado em ti

bii yue
Há tanto da tua presença...Ainda sinto o teu corpo, o teu cheiro, os teus carinhos, o teu toque. E já sinto tanta falta do teu toque, dos teus beijos, do teu abraço. Quero-te de volta, poder acordar e adormecer contigo ao meu lado, chegar a casa e ter aquele conforto de me sentir realmente em casa, precisar de uma simples demonstração de carinho e apenas dar uns passos para tê-la.Estar aqui sozinha tornou-se solitário, passar pelos sítios, reviver as memorias, sentir o coração a (...)
05.Fev.17

*vestígios

bii yue
Os vestígios que foste deixando durante o casulo de felicidade. Os que gravaste na minha memória e coração.A tua presença continua aqui, é nostálgico. Olho em meu redor e há sempre algo que me faz lembrar de ti, ás vezes é doloroso porque sinto ainda mais a dor da saudade e, outras vezes é bom porque são as nossas memórias, são fantasmas reconfortantes.Da primeira vez que te foste embora foi doloroso até me habituar a conviver com os fantasmas das memórias, tinha medos (...)
04.Dez.16

hole chest

bii yue
The leaves fall on the floor, that becomes so colorful and beautiful, the weather is warm and it’s a sunny day. She just stays in the middle of the road looking at that beauty, forget for a seconds the crazy routine of people, admiring what nature can do and transmit.After a minutes, the heavy on her shoulders back and she just wants to go to her room and cry. She runs trying to hold back the tears of memories. Beside the urge to relieve her feelings, she’s finally in her safe place. (...)
28.Out.16

*lágrimas de saudades

bii yue
Quando o coração chora, a dor é profunda. As saudades criam uma ferida que se aprofunda e entranha.Aqueles momentos de desespero em que o mundo parece negro, uma chuva intensa arrasta as mágoas e a dor pela minha cara. Caio sobre mim, porque me deixo levar tanto pelas emoções, porque tenho que ser tão fraca e deixar-me cair tão rápido...Não queria ser tão sensível e chorona, mas também não desejei que a nuvem negra voltasse. Como é ardúo lutar todos os dias contra este (...)
23.Out.16

A clareira

bii yue
Ela era apenas uma rapariga que gostava de ler, era a sua maneira de escapar à realidade a que era sujeita. Sonhar acordada era uma constante, tanto que lhe passaram a chamar a ingénua.A neblina ia invadindo a floresta ao anoitecer, concedendo-lhe aquele ar de mistério. A luminosidade começava a escassear, mas isso não a impedia de continuar. O vestido longo arrastava as pequenas folhas que iam caindo com o movimento do vento, os cabelos longos e ondulados tocavam nos ombros e costas nuas.
21.Ago.16

Mudança ou aviso

bii yue
Um mudança radical, mais para uma introspectiva de choque. Como deja-vu que por uns segundos me levou ao tempos sombrios, onde a escuridão era o meu conforto, onde a escrita era o meu refúgio. Quando voltei, tomei consciência que estou assustada. Assustada e com medo que me deixe cair por aquele poço, do qual tenho lutado para me manter afastada.Hibernei as emoções, mas a dor dos últimos dias indicou-me o corredor com aquela luz tremula no fundo. A esperança e a força continuam (...)
20.Mar.16

cidade sem luzes

bii yue
Sozinha, sentada a um canto. Isolada com os seus monstros, que por breves momentos de fraqueza, entraram e ficaram. O mundo voltou a escurecer, os dias passaram a ser a rotina do preto e branco, as noites a lutar contra si mesma. Deixem-na chorar, mas não a deixem.Sorrisos e vivacidade que escondem o buraco da sua alma. Como um corrosivo, os medos, inseguranças distorcem a realidade, não parecendo mais viver, mas sim sobreviver. Perdida, mas com rumo, dolorosas são as horas em que os (...)